outubro 14, 2004

A redenção!



É um facto invulgar Portugal (8º no ranking da FIFA), em jornada dupla, empatar com o Liechtenstein (montanha 574 vezes menor que Portugal - com 33000 habitantes, ou seja cabiam todos no Estádio do Bonfim!) a duas bolas e apenas quatro dias depois golear a Rússia por 7-1! Bem sei que isto é futebol e que, por vezes, como no resto das coisas da nossa vida, acontecem coisas inesperadas. Mas o facto é que depois de ver o jogo ontem fiquei com a impressão de os resultados terem sido trocados ou de estarmos todos loucos. Se a Europa se riu do nosso empate com um país-quintal (ou Estado exíguo para os mais exigentes em terminologia de Ciência Política)- 151º no ranking da FIFA (205 selecções) , a Rússia (33º no ranking da FIFA) saiu de Alvalade a chorar.
"Marca.com: LOS DE SCOLARI SE IMPUSIERON POR UN CONTUNDENTE 7-1Portugal no tiene piedad de una patética Rusia"
A maioria dos jornais ainda não tinha actualização porque o jogo acabou a uma hora tardia depois do fecho de edição dos jornais estrangeiros, que, como é natural, só prestaram atenção às respectivas selecções.
Como de costume, quando a selecção falha, como no caso do Liechtenstein, os jogadores "são uns chulos, ganham balúrdios e não fazem nada" e quando goleiam a Rússia são os heróis, "a equipa vice-campeã da Europa!". Não costuma haver meio termo: o futebol é o mundo dos que vencem e a hipótese de descarregar nos falhados...

1 Comments:

Blogger Rui Mira said...

Sobre o Liechenstein (é assim que se escreve???) nem comento!!! LOL

9:38 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home